XV Encontro da Rede Esporte pela Mudança Social (REMS)

“Sozinhos chegamos lá, mas juntos vamos mais longe!”



Nos dias 9 e 10 de março, o Instituto Passe de Mágica esteve em Brasília participando do XV Encontro da Rede Esporte Pela Mudança Social (REMS), que teve o apoio do PNUD, um grande parceiro da REMS. Neste encontro contou com a presença de cerca de 30 membros da rede, que representaram durantes os dois dias as 42 instituições que fazem parte da rede. Nesses dois dias o encontro esteve bem focado em ações de Advocacy no ministério do esporte e no senado.


No primeiro dia, na parte da manhã, houve a abertura do encontro e uma conversa com Ricardo Vidal, do Instituto Joaquim Cruz, sobre as funções que exercem as câmaras de representação política no Congresso Nacional. Com sua experiência, foi possível compreender um pouco a respeito das Câmaras, do Senado e dos Deputados.


No período da tarde os membros estiveram no ministério do Esporte para a abertura oficial do XV Encontro da REMS com a presença do ministro George Hilton, da secretária do Esporte e Lazer do Distrito Federal; Leila Barros, da coordenadora geral de Direitos do Trabalho das Mulheres; da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Beatriz Matté Gregory, e do coordenador residente do Sistema das Nações Unidas no Brasil, Jorge Chediek.


Neste encontro, foi entregue ao Ministro do Esporte uma carta com recomendações e a disponibilidade para colaborar tecnicamente na implantação do um Sistema Nacional de Esporte no Brasil, com a intenção de democratizar o acesso ao esporte no país como fator de desenvolvimento humano, promovendo saúde, educação e qualidade de vida. Além disso, outro ponto importante levantado nesta carta está a proposta de renovação e melhorias da Lei de Incentivo ao Esporte que hoje se revela como uma das principais ferramentas para financiar o esporte no país e tem o prazo de encerramento em dezembro de 2015.


Esta conversa foi muito produtiva e o ministro mostrou-se muito sensível às necessidades e sugestões levadas pela REMS. Bem como falou sobre a prorrogação da Lei de Incentivo ao esporte e a criação de um grupo para discutir o Sistema Nacional do Esporte, com a presença dos diversos atores deste no país, como poder público, terceiro setor, universidade, clubes e outros integrantes que contribuem pro desenvolvimento do esporte no país.


Técnicos do Ministério do Esporte ministraram uma oficina sobre os processos da Lei de Incentivo ao Esporte, fortalecendo entidades que ainda não possuem experiência e tirando dúvidas sobre projetos já em desenvolvimento. Houve também outra oficina com Sarah/ Ashleigh Huffman (Universidade do Tenessee) e Cassia Damiani (Ministério do Esporte) no painel sobre Empoderamento Feminino pelo Esporte, apresentando o “Title IX”* e a iniciativa “Empoderando as mulheres através do Esporte”.


No segundo dia, os membros tiveram um encontro no PNUD no período da manhã com apresentações de três instituições: Instituto Esporte Educação (IEE) com Ângela Bernardes, que apresentou o trabalho desenvolvido em Hermelino Matarazzo, Zona Leste de São Paulo, em que foi implantada uma Organização Social (OS) do Esporte, como uma ação pioneira em São Paulo de gestão de espaço público em parceria com o governo.


A ONG Social Skate, que fica em Poá, em SP, foi apresentada por Sandro Dias, o Testinha. Ele contou seus desafios e superações do desenvolvimento do trabalho sem recursos do poder público.


Na última apresentação da manhã, Alceu Neto apresentou a ONG Futebol de Rua, hoje com sede no Paran. Alceu falou sobre sobre o nascimento da instituição, com questões que o provocavam no dia a dia. Hoje, com mais estrutura e com um método simples, possuem mais de 7 núcleos em Curitiba e um Núcleo em SP.


No encontro da tarde, Fátima Bezerra representou a comissão da Educação, Cultura e Esporte, pois Romário, o senador que estava marcado para a reunião, não pode comparecer por questões médicas. Mais tarde também conversamos com Cristóvão Buarque. Nestas duas conversas, apresentamos a carta que foi divulgada para o ministro no dia anterior, destacando o papel da REMS no desenvolvimento da prática da atividade física no país, afirmando que “esporte é um direito, sendo fundamental ampliar o acesso e a prática esportiva e de lazer para todos os brasileiros”. A Senadora se mostrou muito solícita e comprometeu-se a, junto com o PNUD, promover novos encontros entre a REMS e a Comissão, além do aprofundamento do debate e tomada de decisões sobre o tema.


Desta forma, o Instituto Passe de Mágica entende que sua participação na rede tem sido muito importante pois a contribuição e desenvolvimento da REMS não favorece apenas aqueles que fazem parte da instituição, mas todo o esporte no Brasil, possibilitando o acesso ao esporte para milhares de pessoas atendidas pelas organizações.


“Sozinhos chegamos lá, mas juntos vamos mais longe!” Juntos podemos unir forças em prol do desenvolvimento esportivo no Brasil.






Featured Posts
Recent Posts
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic

Escritório Piracicaba: Av. Independência, 2548, sala 25 Piracicaba/SP |CEP 13416-240

Escritório São Paulo: Av. das Nações Unidas, 18.801, sala 1217 São Paulo/SP | CEP 04795-100

Passe de Mágica (2014-2018).

Todos os direitos reservados.